Livro: Cevando Mate - no Rumo de uma Cultura Própria | Editora Rígel

Cevando Mate - no Rumo de uma Cultura Própria

Ref.: 858518664X Compra Segura
R$ 24,00
Compras acima de R$ 100,00 em até 4X sem juros e frete grátis.

☑ Produto Disponível

Escolha uma opção

❎ Produto indisponível

Compartilhe

Sinopse


O autor Glênio Fagundes ensina, explica e orienta como fazer chimarrão no livro Cevando Mate que tem como seu objetivo principal ser didático, na medida em que nos revela os segredos mais íntimos da planta e seu cultivo, da colheita e preparo da erva-mate, da evolução dos utensílios do mateador, de maneira correta de fechar um mate, servi-lo ou renová-lo, da riqueza nutricional da erva, comprovada por cientistas, tudo com fartura de detalhes.

O ato de preparar chimarrão pode ser chamado de: Cevar o mate, Fechar o mate, Fazer o mate e Enfrentar o mate. Pode ser tomado de três maneiras, em relação à companhia: o mate solito(isoladamente), o mate de parceria(uma companhia ou companheiro) e em roda de mate(em grupo).

No Rio Grande do Sul, o mate tem papel importante na hospitalidade, que no núcleo familiar, ou entre amigos, desempenha a função de agregador, harmonizando através do calor humano esta simbiose afetiva, pelo clima de respeito que florece, por entre os mates conversados.

Benefícios da erva-mate: O uso da erva-mate é inteiramente salutar como alimento e como regenerador orgânico ou estimulante, reparando as carências orgânicas que irão se refletir no psiquismo, não tendo contra-indicação. De acordo com as pesquisas que foram feitas pelos cientistas, suas propriedades são espantosas. No capítulo O Jujo – Ervas Medicinais descreve como o gaúcho encontra no jujo(erva medicinal agreste) sua medicina campeira. E o veículo para a cura de seus males é o mate amargo(chimarrão).
   
O autor Glênio Fagundes aborda ainda no livro: A Erveira, Fazer Erva, Os Avios do Mate(Chimarrão), O Mate, Como Pegar a Chaleira, Fechar ou Cevar o Mate, Mate Curto – Mate Comprido, Entre Mates ... “Retirar Erva”, Virar o Mate, Encilhar o Mate, O Mate Doce, Os Avios do Mate Doce, A Bomba do Mate – Sua Nomenclatura, Feitio e Material da Bomba, Tacuapi – A Bomba Primitiva, O Porongueiro, Feitios de Cuia, Os Mate-de-Cálice ou Mates-de-Pé, O Trabalho de Arte nas Cuias, Cuia Saco-de-Touro, Curtir ou Curar a Cuia, Porongo com Feitio Programado, A Pintura nas Cuias de Mate Doce, Cuias de Mate Doce, Porta-Cuia, Porta-Cuia com Chaleira, Recipiente para  Água, A Cambona, Cambona Primitiva, A Chicolateira, As Lendas do Mate e A Bolsa de Mate.


Detalhes do Livro

Título: Cevando Mate - no Rumo de uma Cultura Própria
Autor(es): Glênio Fagundes
Idioma: Português
Editora: Rígel 
Edição: 10ª (1995)
Ficha catalográfica: Gauchismo / Tradições / RGS 1) Costumes sociais 2) Mate cultivo 3) Erva mate, preparo, usos e costumes
Encadernação: capa comum (brochura)
Número de páginas: 140
ISBN-10: 858518664X | 85-85186-64-X 
EAN / ISBN-13: 9788585186647 | 978-85-85186-64-7
Dimensões (L x A): 14 x 21 cm
Peso: 150 g








Cnova-ViaVarejo

B2W

Magazine-Luiza

Mercado Livre

Carrefour

Editora Rígel

descrição Editora Rígel 

Produtos Relacionados

Receba nossas Ofertas e Novidades